18/11/2015

Broinhas de Castanha

broinhas

broinhas

broas de castanhas

O verão de S. Martinho este ano prolongou-se para lá do expectável. E que bem que nos soube!
Sentir novamente o calor no rosto. O sol a cegar-nos o olhar. E apreciar as cores quentes da estação sem o cinzento a rematar.
 
No domingo soalheiro que antecedeu o S. Martinho, algures numa alameda em S. Pedro do Sul, gravei na memória a imagem perfeita do outono.
Era uma simples fileira de árvores, todas elas a formarem um deslumbrante degradé de verdes, amarelos e vermelhos. Parecia pura magia, como se alguém tivesse ido de noite pintar todas as pequenas folhas que compunham cada uma dessas árvores. Do verde mais escuro, ainda vivaço, até ao vermelho mais intenso, quase negro. E pelo meio, um desdobrar de verdes e amarelos desmaiados, até ao laranja já acastanhado. Lindo mesmo. Quase cinematográfico. Como o outono é sempre.
 
Nesse dia viemos todos contentes para casa com quilos e quilos de castanhas acabadas de apanhar. Festejámos o S. Martinho com um punhado delas assadas e outras tantas ficaram para noites mais frias.
Entretanto, cozi algumas que ficaram para a receita destas broinhas pouco doces, mas perfeitas para saborear ao lanche ainda com o sol na nossa companhia.
Até breve!

broas

BROINHAS DE CASTANHA
(receita adaptada da revista Bimby Nov. 2015)
 
 
Ingredientes (cerca de 12 a 15 unidades)
 
500g de castanhas com casca golpeadas
sal grosso
água q.b.
 
50 ml de óleo de girassol
2 ovos médios
125g de açúcar mascavado (não cortem mais, que eu já reduzi da receita original)
200g de farinha de espelta branca (ou de trigo)
1 c.chá bem cheia de fermento em pó
1 c.chá de canela em pó
(quem gostar, pode também acrescentar 1/2 c.chá de erva-doce em pó)
1 ovo batido para pincelar
 
 
Preparação
 
Colocar as castanhas golpeadas num tachinho e cobrir com água. Temperar com sal e deixar ferver 20 a 25 minutos, ou até as castanhas estarem cozidas e macias. Escorrer a água, deixar arrefecer um pouco e descascar as castanhas. Colocar num processador de alimentos e triturar até ficarem em farinha grossa.
Numa taça, bater bem com uma vara de arames o óleo com os ovos e o açúcar. Juntar a farinha, o fermento e a canela em pó e misturar bem. Por fim, envolver a "farinha de castanha". Se acharem a massa muito mole, juntem um pouco mais de farinha.
Com as mãos enfarinhadas, moldar bolinhas de massa, dando-lhes depois a forma de broa (tipo formato pastel de bacalhau). Colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal, com uma distâncias de 2 dedos entre cada broinha.
Pincelar cada uma com o ovo batido e, com um palito, desenhar as nervuras de uma folha (ou simplesmente um traço vertical, sem carregar demasiado.
Levar ao forno, pré-aquecido a 180 ºC, durante 30 a 35 minutos, ou até as broinhas estarem cozidas e douradinhas. Retirar do calor e deixar arrefecer numa rede.
Saborear as broinhas mornas, com uma chávena de chá. As que sobrarem, guardar numa caixa hermética até 4 a 5 dias.

14 comentários:

  1. Adoro castanhas! É a tal coisa, sempre que gosto muito de uma coisa ao natural tenho tendência a comer e tudo e não conseguir deixar nada para fazer receitas!! Que vício, bolas! Mas também adoro broas de castanhas! As tuas estão maravilhosas! Quem me dera poder roubar uma! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Somos duas querida!
      99% das castanhas saboreio-as assadas, pela noitinha. São tão boas!
      Mas resolvi experimentar um pouco e estas broinhas pareceram-me perfeitas ;)
      Um beijinho

      Eliminar
  2. Olá
    Que broinhas tão simpáticas
    Se há coisa que goste são castanhas de qualquer forma
    Adorei como sempre
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Maria!
      Obrigada! Realmente, as castanhas ficam bem em tudo ;)
      Um beijinho

      Eliminar
  3. Devem ser uma delícia, adoro tudo o que tenha castanhas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então vais gostar destas broinhas Marta!
      São perfeitas para saborear ao lanche com uma chávena de chá.
      Um beijinho

      Eliminar
  4. Querida Patrícia,
    Lindo quadro outonal o que "pintaste" e tão bem descrito, que consegui visualizá-lo!!
    Estas broinhas, a julgar pelo aspecto, só podem ser maravilhosas mesmo!!
    Um beijinho,
    Lia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lia!
      Aquela imagem perfeita que vi ficou-me mesmo gravada na memória. E estas broinhas, mal as vi, decidi logo que tinha de as experimentar!
      Um beijinho

      Eliminar
  5. Belas broas.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2015/11/feliz-dia-de-aniversario-e-um-bolo-de.html

    ResponderEliminar
  6. Que ideia genial :D adorei adorei adorei ;)

    www.therasiathecook.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Therasia!
      Tem de experimentar!
      Um beijinho

      Eliminar
  7. Devem ser tão boas estas broinhas Patrícia!
    Já me cheiram a natal, que nessa altura fazemos sempre broinhas com canela e erva doce.
    Estes dias de sol foram mesmo deliciosos, quase que nem apetecia comer castanhas assadas!
    Mas as noites frias já convidam a coisas boas, e meter a mão na massa e ligar o forno.
    Broinhas boas é o que se quer.
    Um beijinho (a ti, aos homens e à marias!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá querida!
      Só me consigo rir com o teu beijinho para a minha malta toda ;)
      O certo é que houve broas para todos!!!!
      Um beijinho

      Eliminar

Obrigada a todos(as) pela visita ao meu blog!
É um prazer poder partilhar as receitas que cozinho com tanto carinho e dedicação!