16/12/2015

Torcidos de Canela e Azeite

biscoitos de azeite

torcidos de azeite
 
biscoitos de azeite
 
Oito dias para o Natal. Oito dias verdadeiramente repletos de azáfama e coisas boas a saírem da minha pequena cozinha.
Sexta-feira começam as aguardadas férias de Natal do meu rapaz e hoje a manhã foi passada a preparar bolachinhas para amanhã serem oferecidas à professora e a todos os amiguinhos. O presente que o meu filho pede sempre para oferecer e que eu nunca lhe digo que não. As massas estão a refrigerar e espera-me um final de tarde muito divertido a quatro mãos.

Nas minhas frequentes pesquisas pela blogosfera à procura de receitas novas e diferentes, encontrei no blog da Joana estes biscoitos e pensei logo neles como um delicioso presente caseiro de Natal. Como já vos tinha dito aqui no post anterior, todos os anos faço cabazes diferentes para oferecer aos familiares e amigos. As bolachinhas são dos miminhos que mais gosto de preparar e varirar e estes torcidos de azeite pareceram-me os biscoitos perfeitos para oferecer neste Natal. Já testei umas quantas fornadas, perfumando uns com canela e outros com o aroma inconfundível das clementinas que decoram a fruteira da minha cozinha e ambos os sabores ficaram deliciosos. E de tão simples que são de fazer vai ser "fugir-lhes" nesta quadra.
Até breve!
 
biscoitos de azeite

TORCIDOS DE AZEITE E CANELA
(receita adaptada daqui)
 
 
Ingredientes (para cerca de 30 biscoitos)
 
400g de farinha de trigo fina
150g de açúcar amarelo
1 c.chá bem cheia de canela em pó
3 ovos médios, de preferências caseiros ou biológicos
100 ml de azeite virgem de qualidade superior e baixa acidez
1 gema de ovo diluída num pouco de leite para pincelar
 
Preparação
 
Pré-aquecer o forno a 180 ºC e forrar 2 tabuleiros grandes com papel vegetal. Reservar.
Numa taça, misturar a farinha com o açúcar e a canela em pó. Fazer uma cova ao centro e juntar os ovos (ligeiramente batidos) e o azeite, misturando bem até se obter uma massa que se consiga moldar (primeiro misturei com uma colher de pau e depois amassei com as mãos, até a massa ficar homogénea e consistente).
Retirar pequenas bolas de massa e moldar pequenos rolos numa superfície limpa e ligeiramente enfarinhada, que depois se dobram ao meio e se torcem.
Colocar os torcidos nos tabuleiros e pincelar a superfície com a gema de ovo. Levar ao forno até dourarem (cerca de 10 a 12 minutos). Retirar do calor e deixar arrefecer completamente numa rede metálica antes de guardar num frasco hermético. Conservam-se várias semanas.
 
Nota: também fiz uma variante desta receita com raspas de laranja e clementina. Ficaram igualmente deliciosos!

21 comentários:

  1. Esses torcidos trazem-me tantas recordações de infância! Dos tempos em que passava os dias com a minha avó e ia com ela para casa de uma vizinha ajudar a fazer torcidos! Tenho de fazer um dias destes! Feliz Natal! beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que memórias tão boas querida!!!
      Eu e a minha avó eram mais os bolinhos, sobretudo o Bolo Moka, a primeira receita que publiquei aqui no blog.
      Tens mesmo de fazer estes torcidos;)
      Um beijinho grande

      Eliminar
  2. Olá
    Estes torcidos dão que falar
    Eu gosto muito
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se dão Maria!
      Cá em casa não param de nos pedir ;)
      Um beijinho

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Faça Ana e depois conte-me como correu!
      Um beijinho e obrigada por passar por aqui

      Eliminar
  4. Querida Patrícia,
    O tempo voa e a azáfama começa a ser cada dia mais stressante.
    Lindos, lindos esses biscoitos e que bem ficarão nos cabazes de Natal e sendo receita da querida Joaninha, claro que são uma delícia e das grandes!!
    Como vou de férias e já cá não volto até 2016, deixo-te um grande beijinho e votos de feliz Natal.
    Lia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. És tão querida Lia!
      Boas Festas e volta depressa ;)

      Eliminar
  5. Este é o tipo de bolinhos que os meus comensais adoram!
    Ficaram tão bonitos e as fotos maravilhosas como sempre.
    Beijinhos e Bom Natal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Marta!
      Cá em casa todos adoraram e sendo um tipo de biscoito seco, sei que vão ser do agrado da maioria dos meus familiares e amigos.
      Um beijinho grande e um Feliz Natal!

      Eliminar
  6. Eu amo fazer biscoitos esses estão lindos, ótima dica para o Natal!
    As fotos estão lindas!

    Bjs ♥

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Andréa!!
      Um beijinho e votos de um Santo, Guloso e Feliz Natal!

      Eliminar
  7. Patrícia, estes torcidos ficaram lindos!
    Já me servia de uns quantos.
    Vou guardar a receita para fazer em breve.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Fátima!
      São mesmo deliciosos! Recomendo vivamente: para ter num frasquinho na cozinha sempre à mão e para oeferecer ;)
      Um beijinho

      Eliminar
  8. Amanhã já vou experimentar esta receita. Tenho uma prima que adora canela e vou fazer uma fornada destes torcidos para lhe dar de presente de Natal. Era mesmo uma receita destas que eu andava à procura :)
    Beijinhos e Bom Natal!

    ResponderEliminar
  9. Olá Catarina!
    Que bom que posso ajudar ;)
    Esta receita tem sido um sucesso e tenho a certeza que a sua prima vai adorar!
    Depois conte-me o que achou.
    Um beijinho e obrigada por aqui passar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, voltei para dar o feedback da receita.
      Achei super-fácil de fazer e deixou um cheirinho maravilhoso na cozinha. Provei-os ainda quentes (não resisti) e gostei muito. O meu outro provador também gostou. Gostou tanto que comeu até os meus torcidos, os que eu tinha posto de lado para provar frios!
      Já a "presentada" com os torcidos, adorou também. Comeu logo um, apesar de ter acabado de almoçar quando os levei. Não resistiu ao cheirinho :)
      Acho que pode considerar um sucesso.
      Agora tenho que experimentar a versão com as raspas dos citrinos, deve ficar divinal.
      Beijinhos e um Bom Ano!

      Eliminar
  10. Minha querida Patrícia,
    escrever aqui hoje tem um significado ainda mais especial
    por termos dado finalmente um abraço, pelas horas de boa conversa e por ter provado estes biscoitos feitos por ti, o carinho que se recebe em forma de um doce.
    Foi tão bom!
    Espero que o teu natal tenha sido muito feliz, na companhia dos teus homens e das tuas marias, casa cheia, cheia de coisas boas!
    Um grande beijinho.

    ResponderEliminar
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  12. Também costumo fazer mas a minha receita é ligeiramente diferente leva raspa de limão e às vezes outros ingredientes.

    ResponderEliminar

Obrigada a todos(as) pela visita ao meu blog!
É um prazer poder partilhar as receitas que cozinho com tanto carinho e dedicação!